Confira agora 4 dicas para melhorar seus vídeos para redes sociais

Todos os canais que você ou sua empresa utilizam para se comunicar ou gerar uma interação com o público é chamado de ponto de contato. Hoje, um dos mais importantes da atualidade, pela facilidade de absorção da informação, são os vídeos, muitas vezes utilizados como material para divulgação de produtos, serviços ou de forma institucional nas redes sociais. Cada vez mais abrangentes e populares, eles são uma importante ferramenta e devem ser pensados estrategicamente, para que, de fato, trabalhem a favor de sua marca.


Só para você ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa da Cisco, os conteúdos audiovisuais serão responsáveis por 82% do tráfego da internet até 2021. Conforme estudo da Hubspot, 54% dos consumidores afirmaram preferir os vídeos na hora de buscar informações. E para que não restem dúvidas, saiba que em 2018 a média de tempo que o brasileiro dedicou a assistir vídeos na web foi de 19 horas semanais, segundo dados divulgados pela Google. Sentiu o cenário? Então, venha com a 2um aprender a deixar seus vídeos para redes sociais mais estratégicos.


1. Mantenha a identidade e a linguagem da sua marca


A personalidade da marca deve estar em tudo o que a empresa faz, desde seu planejamento estratégico, até uma ligação telefônica. Com os vídeos, a lógica é a mesma. O intuito é que os vídeos para redes sociais sejam uma extensão dos seus canais de comunicação, então é essencial que, ao assisti-los, o público reconheça você e a sua empresa ali.


Por exemplo, se você tem uma postura mais descontraída, use palavras mais leves e, por vezes, até alguma gíria. Não faz sentido, nesse caso, criar vídeos com tom formal e vocabulário erudito. Portanto, mantenha a essência da marca e o padrão de linguagem já adotado.


2. Trabalhe temas de interesse do seu público


Embora essa dica pareça óbvia, não é. Muitas empresas e pessoas têm dificuldades para selecionar temas relevantes para o público, mesmo dentro do campo de conhecimento. A fim de que isso não seja um obstáculo para sua produção, o caminho mais certeiro é ouvir seu público.


Pergunte diretamente, faça uma análise dos comentários e dúvidas mais frequentes em suas redes e em todos os momentos da jornada de compra. Essas são as melhores fontes para levantar temas. Aproveite também as pesquisas de mercado e fique de olho nas tendências.

3. Cuide da qualidade técnica


Com a imensa difusão dos vídeos e aumento expressivo do uso de smartphones, a produção audiovisual está ao alcance de todos. Esse novo cenário reduziu o rigor estético e abriu espaço para materiais mais simples e “caseiros”. Isso não quer dizer que o vídeo possa ser feito de qualquer maneira.


É preciso considerar fatores como qualidade do áudio, definição da imagem, roteiro lógico para a fala, softwares e aplicativos de edição e a proposta de cada rede social. Assim você transmite credibilidade e confiança.


E atenção...


O ambiente onde você gravará os vídeos para redes sociais também comunica seus atributos ao público. Devido a isso, você deve ter cuidado redobrado para a escolha do cenário. Fatores como excesso de barulho ou visual poluído podem comprometer a qualidade do seu material e desviar a atenção de quem está assistindo, fazendo com que a poluição visual ou sonora se destaque mais que o conteúdo. Opte por ambientes que estejam alinhados com a identidade da sua marca ou da empresa e que não estejam expostos ao excesso de ruídos.


4. Fique atento à sua comunicação não verbal


Em nossos treinamentos de comunicação presencial sempre ressaltamos o impacto e a importância da mensagem que a comunicação não verbal transmite. Estamos falando aqui sobre roupas, maquiagem, gestos, postura corporal, expressões faciais e até o olhar.


É preciso que você alinhe sua linguagem não verbal ao objetivo do seu vídeo e à imagem que você deseja que seu público crie sobre você. Segue a mesma ideia da apresentação presencial. Imagine-se diante de seu público, como numa palestra ou reunião, assim fica mais fácil pensar nos aspectos não verbais.


Dica extra: de olho na posição do rosto


O enquadramento da imagem é um dos elementos mais importantes do vídeo e a posição do rosto está relacionada a isso. Procure posicionar o celular de frente para você, na altura do seu rosto, mesmo que seja em formato selfie. Nada de cabeça baixa, com queixo colado no peito e nada de levantar a cabeça demais. Por fim, evite cortar partes do rosto e criar uma desproporção entre o cenário e você.


Com essas dicas, você poderá gravar vídeos para as redes sociais com mais segurança e qualidade. Lembre-se que é sua marca que está ali representada e, como dissemos lá no início, os vídeos são pontos de contato imprescindíveis. Isso para levar mais força para sua marca e para gerar oportunidades de negócio.


E se você deseja melhorar ainda mais a sua performance e criar vídeos para as redes sociais com alto impacto, conheça nosso Workshop de Comunicação para Vídeos.

ENTRE EM CONTATO

Nosso time de profissionais está pronto para lhe atender. Entre em contato conosco.

Tel: +55 31 98301-2243
contato@2um.com.br
Belo Horizonte | MG

  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone